sábado, 20 de março de 2010

Do Androids Dream of Electric Sheep?

Em Shinjuku, há uns anos atrás, os meus olhos baixaram sobre os néons que banhavam a noite e as ruas, tornando secundária qualquer tipo de iluminação convencional, e nos lábios formaram-se as únicas palavras que podiam descrever o que sentia: "Blade Runner!". Ali estava a Los Angeles de 2019 do filme de Ridley Scott. Não há no mundo ocidental, nada que se possa comparar á densidade e complexidade da superfície cinética de Tokyo. Ideogramas, sinais, quadros, fixam mensagens numa forma estática, enquanto a aparência líquida dos ecrãs perpetua o fluir do tempo. Alguns edifícios são completamente engolidos pela imensa sinalética.

Em "Pattern Recognition" de William Gibson, Cayce Pollard, acciona o controle remoto para abrir as persianas do quarto do Park Hyatt, que revelam, afastadas, "um skyline virtual, uma mistura flutuante de Lego electrificado, com formas estranhas que de algum modo não se poderão ver em mais parte nenhuma, como se fossem precisos Tokyo add-ons especiais para construir isto em casa."

0 comentários:

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger