domingo, 21 de março de 2010

Subway Sarin Attack

Fez ontem 15 anos que o culto liderado por Shoko Asahara, Aum Shinrikyo, inundou de gás sarin alguns comboios e estações do metro de Tóquio, matando 13 pessoas e deixando afectadas 6.300 (estes números são uma correcção dos que foram inicialmente apresentados). Um minuto de silêncio, teve lugar na estação de Kasumigaseki, ás 8 horas da manhã, a hora em que diversos membros do culto, abandonaram sacos de plástico com o gás letal, depois de devidamente perfurados com guarda-chuvas. Foi em 20 de Março de 1995, numa manhã igual a muitas outras, durante a "rush-hour". Flores foram colocadas em linhas afectadas como a Hibiya, Marunouchi e Chiyoda. Shoko Asahara, foi condenado à morte, juntamente com 9 membros do Aum, mas a polícia continua a oferecer 6 milhões de yen, por informações que possam levar á captura de outras três pessoas envolvidas no ataque.
O grupo, que chegou a ter 10.000 membros, adoptou o novo nome de Aleph e conta actualmente com 1300 aderentes, tendo as suas actividades controladas pela Public Security Intelligence Agency que terá detectado 100 novas adesões no passado ano. Creepy!

Mais sobre este assunto no Banzai, em Underground.

0 comentários:

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger