sábado, 12 de junho de 2010

BINBOGAMI - O DEUS DA POBREZA

"Diz-se que há dois deuses que andam sempre juntos: Fuku-no-kami, o Deus da Sorte e Binbogami, o Deus da Pobreza. O primeiro é branco, e o segundo é preto." Lafcadio Hearn
A religião Shinto, conta com inúmeros kami (deuses), em honra dos quais se ergueram templos e se realizam festivais. Há porém um kami que toda a gente evita - Binbogami, Deus da Pobreza - a sombra de Fuku-no kami, o Deus da Sorte e Prosperidade. A sua figura parece a dum homem idoso, sujo, barbado e vestido de trapos e dizem que quando se ouve uma espécie de escaravelho, que costuma invadir madeiras apodrecidas e casas velhas, é sinal de que Binbogami anda por ali perto.
Na  verdade, não tem lá grande aparência!
Binbogami, não livra ninguém da pobreza. Pelo contrário, traz pobreza ás casas em que entra. Por isso toda a gente foge dele, e há inúmeros rituais para o afastar. Dizem que resulta atirar-lhe com feijões secos, ou soprar o lume com um pedaço de bambu, onde depois se introduz uma moeda que se atira a um rio. Supostamente Binbogami sairá da casa para ir apanhar a moeda... e pode ser que nunca mais volte. Mas, o ritual que parece surtir mais efeito, consiste em bater-lhe três vezes com um pau, e dar-lhe o mesmo número de pontapés. O método é um bocadinho violento mas há quem recorra a ele, quem sabe depois de ter esgotado os feijões... O vídeo abaixo, mostra como se faz isso num templo em Iida City, Nagano.

5 comentários:

Ester disse...

Oi linda, eu tb adoro seus comentários lá no blog, aliás, outro dia li seu comentário em um blog (acho da Marli, era um post sobre amizades entre blogueiros), no qual vc dizia exatamente o que aconteceu comigo também. Então gostei muito!!

Muito interessante essa historia!
Mas será que espantando um, não espanta tb o outro? rsrs...afinal, um é sombra do outro...
bjsss

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu participei uma vez de uma cerimônia na qual a gente queimava o binboogami.
No meu caso, não adiantou muito, rs...
Mas é interessante. Ele sempre é assim, feinho, triste...e sempre fica do lado de fora do templo, escondido e malcuidado.

Michelle Lynn disse...

Qual a religião oficial do Japão? Eles são poleteístas?!!

(Acho que vou fazer uma bonequinha para ele, pois agora ele não sai do seu blog, quer ver o video o tempo todo. Meu marido, falou assim: "interessante, mas um pouco estranha essa música...) rsrsrs

A cultura oriental é sempre um pouco estranha para os ocidentais, não é verdade?!!

Bjoss

Nilce disse...

Oi, querida

Obrigada mesmo pela sua preocupação e carinho.

Acabei de colocar em dia minhas leituras aqui. E minha net tá uma m., cai e não levanta, rsrs

Amei tudo o que li e vi nos videos. Sabe, a cada dia fico mais apaixonada pela cultura e pelas curiosidades japonesas.

Muito obrigada mesmo.

Bjs no coração!

Nilce

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Novamente encantado com sua história que de certa era mais uma desconhecida para mim!! rsrs

Obrigado por nos presentear com histórias sempre interessantes.

Beijos e me perdoe por ter sumido!

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger