sábado, 9 de abril de 2011

OS DEUSES ANDAM DISTRAÍDOS...

Foto de Hisashi Murayama, Japão, Março 2011
"Gostaria de dizer que sou um optimista, mas não posso. Acho que a espécie humana é um acaso sinistro. Depois de milénios a instalarmos a nossa supremacia, (...) a comédia humana pode chegar ao fim com a brevidade de um estalar de dedos. Para que a ordem inicial volte a ser reposta."

Bernard Quiriny

Segundo a mitologia nipónica, um gigantesco peixe-gato chamado Namazu, mora por baixo do arquipélago japonês, e é responsável pelas calamidades que acontecem à superfície. A sua guarda está confiada ao deus Kashima, que mantém uma rocha sagrada por cima do animal. Mas se este se ausenta ou distrai, Namazu liberta-se, e com um simples abanar da cauda, faz tremer a terra inteira, agitando-a e revolvendo-a como um brinquedo.
Penso nisso quando abro o jornal da manhã.
REALENGO, JAPÃO, COSTA DO MARFIM, LAMPEDUSA, LÍBIA
Ao meu lado, no balcão da padaria onde compro o pão pela manhã, um homem de olhos tristes, diz que tem apenas dinheiro para o café, se pode comer um bolo e vir pagar depois.
Estendo uma nota sem hesitar, pague o meu pão e o bolo deste senhor, digo, já sem vontade de comer pão, já sem vontade de comer nada.
Os deuses andam distraídos?
Uma rapariga magríssima, curvada e olheirenta, desata a chorar quando recuso os livros que se oferece para me vender. O meu pai morreu, a minha mãe vai ficar desempregada...fique ao menos com o mais barato...Escolho um livro infantil para oferecer, estendo mais uma nota.
Aonde andam os deuses?
Na praia, um grupo de crianças riem-se e gritam "tsunami", cada vez que vêem uma onda maiorzinha. A palavra portuguesa é maremoto. Mas maremoto já não tem piada. Faz medo. Está lá o mar que está aqui ao lado. Está lá o terramoto que causa o maremoto. O mar e a terra juntos e ameaçadores. O fantasma duma Lisboa destruída em 1755, volta para nos assombrar no meio da crise que cada vez mais se parece com o apocalipse.
Onde andam os homens?
A preocupação é agora o pós-apocalipse. Como sobreviver em Portugal depois da bancarrota. Discute-se com amigos, com irmãos, com companheiros, destinos de fuga possíveis, o que levar, o que fazer.
Já não se consegue fazer de conta que não é connosco, que não está nada a contecer.
No jornal alguém sugere que nos livremos de tralhas.
"Imagine que vai haver um maremoto daqui a uma hora e meia e que tem uma hora para fazer a mala e meia hora para fugir. Para além da felicidade de continuar vivo, quais são as coisas que levaria consigo?"
Faço mentalmente uma lista, sem acreditar ainda que estou a preparar um plano para o pós-apocalipse.
Cada dia mais perto. Daqui a um mês quando vier o FMI? Depois das eleições? No final do ano?
Os meus nervos estão esgotados, de pernas cansadas.
Falo com uma amiga ao telefone, diz-me que não vê notícias, prefere viver num mundo cor-de-rosa
Eu não consigo.
Vou eliminando tralhas, sem saber ainda para onde ir.
Aonde andam os deuses?
Onde andam os homens? 

33 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Os deuses não estão distraídos, os homens é que andam distantes dos deuses.
Bom fim de semana
Bjux

Bia Jubiart disse...

Oi Flor!

Nem vai dar tempo de ler seu post, chuva com raios, vou desligar o note. cheguei de Sampa.... Te passarei um e-mail com imagens e novidades. Grata pela ternura DOCE...

Depois retorno aqui

Beijooooooooo

Astrid Annabelle disse...

Eu não conhecia esta lenda Loli!
Concordo com o comentário do Wanderley...são os homens que estão distantes dos deuses. Os homens estão focados no medo e por conta disso atraem mais situações que metem medo.
Vamos começar enviando amor para toda essa tristeza...já é um bom começo...
Um beijo grande para um final de semana gostoso.
Astrid Annabelle

disse...

É amiga...seu post é um reservatório de sabedoria. Concordo com Astrid. A ausência de amor causa essas mazelas. Bjos no coração!

Sandra Botelho disse...

Entendo que Deus apenas está permitindo por um tempo determinado, que o homem veja que não pode se gorvernar sem ele e que isso só lhe acarreta em prejuizo de sua propria vida.
beijos achocolatados

Rogério Pereira disse...

Os deuses andam... com os homens
Os homens andam dom os deuses
Acompanham-se e choram
O mal que vão fazendo
e o bem que lhes não chega
e que apenas uma criança enxerga

Não adianta fugir com a tralha
A unica esperança é que as crianças cresçam diferentes e que os deuses se sosseguem

Malu Machado disse...

Fico com o comentário do Wanderley, os homens é que andam distante do amor.

Tá rolando pela net um e-mail interessante pedindo que as pessoas fação orações, mentalizem, seja qual for a sua crença ( ou não crença) pedindo pelo planeta.

Todos os dias por apenas cinco minutos, sempre das 23h às 23h05.

é bem pouco a doar por uma vibração coletiva, não achas?

Adorei a lenda,

bjs

Margot Félix disse...

"Penso: talvez haja luz dentro dos homens, talvez uma claridade, talvez as certezas sejam uma aragem dentro dos homens e talvez os homens sejam as certezas que possuem." José Luís Peixoto.

Um abraço

Margot Félix

PS: Já me recuperei da dengue. Obrigada pela atenção. =)

nacasadorau disse...

Hi Sweetie!

Loli, essas e outras perguntas já pairam no pensamento de muita gente há muito tempo, mas como dizes, muitos preferem pensar "sonhar" que tudo há-de passar e vivem nas nuvens, num mundo cor de rosa.
Não amiga, não é fácil adormecer nos dias de hoje.

Não tenho respostas concretas, tenho apenas noções do que passaremos TODOS.Mal!
Esperemos que os monstros serenem e que os "deuses" não descurem a vigia.

Beijinhos Loli.
Sweet friend!

Guará Matos disse...

Ou os alquimistas estão chegando.

Bj.

Georgia disse...

Tbm concordo com os outros comentários, os homens estão distantes dos Deuses...os Deuses nunca discançam, nunca dormem!
Eu não conhecia essa lenda.
Tenho certeza que um dia como eu, vc volta ao nosso país amado, certeza!

Bjus, bom fim de semana!

Fabiano Mayrink disse...

É minha amiga Loly as coisas andam as desavenças mesmo, viu o acontecido aqui no Brasil? Do atirador... Ai ai ...

não sei mais nem o que falar, as vezes também fico sem folego, e apavorado com tudo isso que anda acontecendo, o que será daqui pra frente, mais não tem como fugir..

é viver, sua amiga que não vê noticias deve estar tentando viver... será?!

As vezes vejo tanta gente com menos que a gente, tanta gente necessitada, numa esquina próxima a minha casa tem um senhor mendigo já idoso que dorme na esquina.

Na rodoviária da cidade sempre ficam umas pessoas pedindo, quando estava voltando da viagem que fiz a casa de minha avó uma mulher toda com roupa rasgada e suja, ate de sangue, me pediu dinheiro pra comprar um lanche, eu já tinha dado um trocado pra um rapaz novo que me pediu antes, e falei que já tinha dado pro rapaz, ela então saiu triste e foi pedir uma garota que estava lanchando logo a frente na lanchonete, a garota comprou um lanche e deu pra ela, ela ficou toda contente e veio conversar comigo, ela disse que na noite passada os policiais bateram nela e tomaram uma tesoura dela, acho que foi por isso que a roupa dela tava suja de sangue, ela disse que infelizmente tinha que viver assim, sem saber que dia iria apanhar... e saiu contente comendo o pão de queijo...

Ontem vi duas crianças rindo alegres sentadas na calçada, rindo a toa, porem com roupas tão sujinhas e rasgadas, as crianças não entendem a realidade, felizes são elas, e quando vejo cenas assim eu peço a Jesus que as ajudem melhorar de vida futuramente, são tantas as pessoas necessitadas que nem sabemos o que fazer...

LuH disse...

É de se pensar mesmo, querida Lolipop...
A esperança é depois da tempestade venha a bonança...
Que as vida tenham paz e alimento(s)- corpo e alma!

Bjo carinhoso

Sônia Cristina disse...

Quem dera que os homens deixassem os Deuses se aproximarem.
Talvéz por mera distração mesmo.
Quando houver amor no coração de todos, o mundo será um só como disse nosso querido Jhon Lennon.

tô anciosa rs.

bj amada

Glorinha L de Lion disse...

Que belíssima e triste postagem Loli querida...É assim, exatamente assim que nos enxergo nesse planeta onde as pessoas ficam a procurar deuses, quando o que se tem é uma pedra em cima de um gato que à menor distração do acaso, dá rabadas à torto e à direito...Não somos nada, não esperemos nada...a vida é um sopro. Cada vez mais tenho consciência disso e mais embascada fico ao ver como os homens se deixam enganar pelos supostos deuses que eles mesmos inventaram. Beijos amiga querida, sigamos enquanto o sopro continua a soprar....

Lívia Azzi disse...

Kashima se descuidou da rocha sagrada e distraindo-se de Namazu, e não é só na mitologia nipônica que houve distrações, não!

Mundo estranho e triste que nos tira até as palavras diante de tanta tragédia e dor.

Vontade de ir para um outro mundo pertinho de Pasárgada e levar comigo todos que me são queridos.

Beijos e carinhos, doce amiga!

Cantinho She disse...

Minha querida, concordo com a Glorinha que post lindo e ao mesmo tempo triste, mas é o real.
Muito boa a forma que vc abordou!
Beijo, beijo! ;)
She

Maria Helena disse...

Loli, minha querida flor!
Você não imagina a admiração que tenho por você! O seu olhar de compaixão faz com que cada momento do desencontro do homem, com a natureza e com a sua própria natureza, se torne um lugar para reflexão. Você, com sua sensibilidade, nos leva a conhecer histórias reais e lendas que nos servem de patamar para olhar com mais atenção o que está ao nosso redor, mesmo que não seja uma catástrofe! Você nos avisa que é preciso prestar atenção nas mensagens subliminares que aparecem todo tempo como termômetro do que pode acontecer no momento seguinte. Toda vez que chego aqui capto um néctar que me faz sair bem mais leve e com disposição para lutar pela força do bem!
Obrigada por existir!

Flávio disse...

Gracias,tudo de bom para ti!!

Abraços
=D

Irene Moreira disse...

Loli

Uma boa e trsite pergunta: Aonde andam os deuses? Aonde andam os homens?

E eu pergunto aonde estáo amor?
O que falta para que tenhamos a resposta para tudo é o amor para com o próximo e consigo mesmo.

A vida passou a ser uma briga por interesses materiais, por uma sobrevivência que só olham para si mesmo.

Posso estar sendo ignorante com a minha exposição, mas é assim que sinto depois de tantos anos na esperança de que os homens acreditassem com fé na força divina.

Beijos com muitas ternuras no seu coração

Janita disse...

Querida Loli.
A primeira coisa que me ocorre dizer, depois de ler tudo o que escreveste, é apenas o seguinte:
O Mundo, os homens e os Deuses, andam mais do que distraídos e indiferentes;ANDAM LOUCOS...!
Beijos
Janita

Ana Luisa disse...

Estou plenamente de acordo com o Wanderley - os homens andam muito distantes dos deuses!
Façamos como Ricardo Reis - "carpe diem" - mas começemos a fazer as malas em busca do longe, fugindo do tsunami da má política e da má gestão deste Portugal em falência!

M. disse...

Os deuses andam?

E os homens, esses aprendizes de deuses? Fogem...

ManDrag disse...

Um texto triste e cruelmente verdadeiro. Embora longe e com um oceano de permeio sinto daqui a aflição de quem está nessa nossa terra tão depredada. Também eu não consigo viver de ilusões cor-de-rosa. O mundo sofre ao nosso lado e o meu sofrimento nunca é maior que o daqueles que desesperam sem tecto nem pão.

Me junto no teu lamento, amiga. E como a amiga Malu sugeriu, que pelo menos dispensemos 5 minutos de meditação diária na redenção do nosso Planeta Mãe.

Como o mundo seria bem melhor se em vez de quartéis se construíssem mosteiros; se em vez de armas se fabricassem pães para todos; se em vez de ideologias se ministrasse amor e compaixão; se em vez de caridade se promovesse verdadeira igualdade de direitos e acessos.

Me retiro em recolhimento.

Abraços

Long Haired Lady disse...

tem coisas que nem que tem muita fé pode entender!

diariodumapsi disse...

Minha querida Loly! Senti um pouquinho de tristeza e desesperança nesse seu post, fiquei preocupada.
Viva esse momento mas não permaneça nele, o mundo é feito por ciclos, daqui a pouco os deuses passam a prestar atenção na gente novamente.
Beijos amada

Beth/Lilás disse...

Querida Loli!
Todos nestes últimos dias estamos assim, com o coração entristecido, só mesmo quem não olha pro lado e vê o que está acontecendo é que vive naquele mundinho do faz de conta.
A idéia da Malu estará sendo copiada também por mim, afinal não custa nada fazermos este movimento de boas emanações para a Terra e seus habitantes tão sofridos.
um beijo carioca aquecido dos trópicos.

Tabeteimasu - Denise disse...

Oi minha linda flor!

Quisera os homens pararem para refletir e enxergarem a si mesmos...

Estou preocupada contigo, vou enviar um email, ok?

Beijão carinhoso

Bia Jubiart disse...

Da última vez que passei aqui os Deuses estavam bravos, não deixaram nem eu dar "pitacos".

Oi Flor! Se angustiar, cobrar de algum Deus não será a solução. Aqui neste planeta estamos só de passagem e os Deuses mansos e raivosos estão internalizados em nós. Parece ser uma explicação simplista, porém "toda ação tem uma reação".

Durma com os anjos...

Beijos e carinhossss

Nilce disse...

Minha querida e amada

Não conhecia esta lenda, mas achei interessante.
Estou realmente preocupada com você. Os Deuses nunca nos abandonarão minha amiga, os homens é que esqueceram que eles existem.
Estou também muito desanimada, a única coisa que me alegra é o lançamento do livro da Glorinha.
Por que não me manda notícias, não respondeu meu e-mail?
Tento ligar-te e não consigo ser atendida. Por favor dê-me notícias suas.
Te amo muito!

Bjs no coração!

Nilce

na-chan disse...

Sabe Loli....quando acontece alguma desgraça a culpa ou é dos Homens ou é de Deus....mas será que as pessoas não pararam pra pensar
que a culpa é do Terremoto?
não há culpados apenas Vitimas...
Acredito que Deus se importa e muito
muito mais que jamais poderemos imaginar...

Graça disse...

A cor do mundo em que vivemos não depende apenas das notícias que vemos ou não. Acontece que, por vezes, as nossas mãos estão frágeis e o os nossos olhos cansados. E bastam as teclas brancas e pretas do piano destroçado, para sentir o peso do silêncio.

Bruxa disse...

Oi meu bem!
Temos que saber ficar no meio. Sermos realistas.
Não viver em um mundo cor-de-rosa, nem no mundo das trevas. Saber o que acontece faz parte, não se deixar abater também.
Sinceramente, como digo a quem nao consegue ver as noticias sem se afetar, que não vejam. Para não perder a alegria de viver, coisa muito preciosa em periodos de calamidade.

Beijinhos

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger