terça-feira, 5 de abril de 2011

AI WEIWEI - "O DALAI LAMA GOSTOU DA MINHA BARBA."

Este senhor cuja barba foi apreciada pelo Dalai Lama, Mr. Ai WeiWei, é conhecido internacionalmente pelas suas actividades na área da escultura, arquitectura, fotografia, cinema, instalações colossais, mas também, e principalmente, pela sua oposição declarada ao regime Chinês.
Talvez a sua vocação de activista tenha nascido na infância, depois de ver o pai, AI QING, um dos mais famosos poetas Chineses, condenado à prisão, ao exílio, aos campos de trabalho e às mais diversas humilhações. Claro que as purgas da Revolução Cultural parecem agora esbatidas no tempo. Mr. AI WEIWEI tem utilizado em média 107 vezes por dia o Twitter para se manifestar.  E, diariamente, nas datas dos seus aniversários, foi divulgando os nomes de milhares de vítimas do sismo de Sichuan em 1988, tão silenciados pelo Governo depois de se saber que muitas das crianças que perderam então as suas vidas, ficaram a devê-lo a más condições dos edifícios escolares, que por sua vez teriam na base a negligência e corrupção dos responsáveis
A grande questão era até quando podia Ai WeiWei desafiar as autoridades Chinesas. Em 2009, teve que ser submetido a uma cirurgia de emergência, depois de ter sofrido agressões físicas por parte da polícia. No passado Domingo foi detido no aeroporto de Pequim. Não há qualquer declaração oficial sobre os motivos da sua detenção, nem é conhecido o seu paradeiro. Na prisão estão já outros activistas, vítimas daquela que se diz ser a mais dura vaga de repressão lançada por este regime na última década.
O Ocidente cala-se, perante o flagrante desrespeito pelos direitos humanos, num país que ascendeu ao estatuto de segunda potência económica mundial.
A subserviência aos interesses monetários fala mais alto.
O Ocidente cala-se, como o fez perante a ocupação do Tibete, julgando limpar a sua consciência quando hipocritamente recebe o Dalai Lama.
Em 2009, nas paredes dum museu de Munique, na Alemanha, AI WEIWEI escreveu em caracteres chineses uma frase, utilizando para isso milhares de mochilas de crianças.
Eram as palavras duma das mães de Sichuan que perdeu a sua filha...
"Durante sete anos, ela viveu feliz neste mundo." 
A instalação chamava-se "REMEMBERING"
Depois disso Mr. Ai inundou o Turbine Hall da Tate Modern em Londres, com uma vasta "carpete" de sementes de girassol de porcelana. Nessa altura, disse numa entrevista:
 "Algumas pessoas dizem-me, se partires podes nunca mais poder voltar. Ou podem impedir-te de partir. Este é sempre um preço que posso ter de pagar. Mas eu não quero restringir-me. Quando acontecer, aconteceu. (...) Eu tenho que falar por aqueles que têm medo." 

31 comentários:

Élys disse...

Não é fácil empunhar uma bandeira e essa é muito difícil, mas ele tem muitas razões.
Beijos.

M. disse...

Não conhecia! (tu gostas de me diminuir...)

Gostei da barba...E do homem por detrás da dita:)

Wanderley Elian Lima disse...

Qualquer forma de opressão e de repressão, é abominável. A China se tornou potência, às custas da miséria e humilhação de seu povo. O ocidente assiste a isso passivamente, por temer o seu arsenal bélico.
Bjux

Guará Matos disse...

A China com toda a sua grandiosidade não consegue espantar o fantasma de Genghis Khan (o mongol)até hoje.
Khan foi um dos maiores estrategistas e lideres de guerra até hoje, conquistando vários países e inclusive vencendo a muralha chinesa, contruída para deter invasões e incorporando aquelas terras ao seu império.
É o trauma dos comandantes chineses que dormem e acordam com Genghis Khan em suas mentes!

Bjs.

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

"Eu tenho que falar por aqueles que tem medo"
Infelizmente alguns países desconhecem ainda o poder da internet, quando esta é utilizada de forma coerente e inteligente.
Como esta sua postagem querida amiga, onde deixa em soberbas e claras palavras o lado primitivo do ser humano, pois não apenas lá mas em todo o mundo encontraremos (infelizmente) almas assim... não evoluídas.

Beijos querida Margarida!!
Adoro-te!

diariodumapsi disse...

Ei Loly!
Lamentável o que acontece com aquele que luta por um ideal. Querem calar a boca de todo aquele que grita querendo acabar com as injustiças.
De fato muito triste.
gd beijo

papoila disse...

Eu tenho muita admiração por aqueles que vencem os medos e defendem os mais fracos e desprotegidos.
Um grande abraço para ti que há tua maneira também vais lutando e abrindo os olhos de todos os que por aqui passamos.
xx

Lu disse...

Oi Margarida,como está?
tem tantas injustiças nesse nosso planeta e tão poucos para fazer algo a respeito.
Obrigado por nos apresentar a esse Homem de tanta coragem.
Beijos Lu.

Sônia Cristina disse...

Meu mais profundo respeito a esse homem e a essa barba..
Lutar por um ideal, esse é o lema!

Lindo minha flor!

beijo

BIA disse...

Oi Loli!!!
Mr. WeiWei é realmente muito admirável, não conhecia sua história, parabéns para estes ativistas que se engajam e defendem uma causa com paixão apesar de todos os obstáculos e a ganância do sistema capitalista.
Beijos
Bia

Glorinha L de Lion disse...

Acho querida Loli, que esta é a verdadeira liberdade: falar pelos que não podem. E não temer a privação da sua própria liberdade em prol de uma causa maior...Creio que eu nunca teria essa coragem. Admirável, sob todos os aspectos.Não conhecia esse senhor, nem sua arte, tampouco sua estória. Obrigada por compartilhar conosco. Beijos minha querida flor,

Georgia disse...

É um herói né?

Bjus!

Lívia Azzi disse...

Eu ganhei uma foto do WeiWei, numa reportagem sobre a censura e que o levou a cancelar a sua primeira exposição na China, além de ter seu estúdio demolido pelas autoridades de Xangai. Colei no meu scrapbook!

É muito difícil e complicado de entender como ainda podem existir regimes tão infernais assim, um horror!

A arte das mochilas expressando o sentimento da mãe que perdeu a filha, entre tantas, é de tomar o coração...

Beijos e carinhos, amiga mais querida! Te adoro tanto!!

Beth/Lilás disse...

Nossa, Loli, que artista sensível e eu nunca ouvi falar dele! Gostei de saber por aqui.
Estamos em sintonia com relação ao tema China, também falei deste país que ainda é uma incógnita para nós no ocidente.
beijinhos cariocas

Jeff disse...

Muito engraçado o Ocidente se calar!
Esses jogos de interesses deviam mudar para jogos de humanidade!

Um abraço!
Bom "conhecer pessoas novas"!

Margot Félix disse...

Bom saber que este senhor existe.
Repassarei essa postagem!

Abraço!

Margot Félix

Nilce disse...

Oi Margarida

quem tem coragem faz, quem tem medo se cala diante de tanta opressão.
Um herói que deseja que o mundo não esqueça tudo o que aconteceu.
Loli é conhecimento e Cultura.
Parabéns e obrigada pelo post.

Menina, não me deixe mais sem notícias. Saudades muitas.

Bjs no coração!

Nilce

Karlinha Ferreira disse...

Nada pior que a hipocrisia!
Infelizmente vivemos em um mundo onde manda quem tem mais, mas renova a minha esperança ver que ainda existam homens com tamanha bravura e coragem.
Dalai Lama gostou da barba dele e eu adorei a integridade.

Beijo grande!

Fernanda disse...

Bem haja AI QING e esteja ele onde estiver, estará sempre de bem consigo pois mais não pode fazer.

Obrigada sweetie, por nos trazeres à memória os factos, que muitos até de os mencionar têm receio.

Oxalá mais Ai Quings houvessem e por todo o Mundo.
Coragem é algo cada vez mais raro.

Beijo Loli.

Meu aconchego Zen disse...

Eu ainda acredito que o ocidente se cala.

Pelo medo? talvez uma minoria.

A maioria se cala por conveniência?

Ótimo texto!
Um iluminado final de semana !
Bjus

NanBanJin disse...

Foi preso hoje ou ontem. Acabo de ver nos noticiários daqui. ☹

Carla Farinazzi disse...

Oi Loli,

Eu admiro muito pessoas que têm coragem. Coragem para desafiar os grandes, os poderosos, que arcam com as consequências de seus atos. Isto é gigantesco, grandioso.

Lamentável observar a conduta dos países ocidentais, covardes, diante do poderio econômico da China.

A instalação "Remembering" vem a calhar neste dia de imensa tristeza aqui no Brasil.

Beijos

Carla

Leo disse...

Eu não conhecia o homem e o ser humano por trás dele.

Quantas preciosidades nós não perdemos na China por conta desse regime, quantos Mozart, Picassos.

Que surja sempre mais corajosos!

Beeeijos!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

pobre homem...
um artista deste nível ser calado à força... por pensar, querer liberdade.

A única obra dele que não gosto é aquela que ele quebra um vaso de 2000 anos e fotografa, eu o prenderia por isso rs.

O Brasil, Portugal, vivem hj seus dias de liberdade...mas as histórias dos tempos de ditadura assustam muito. e na China a coisa é piorada né, ainda mais pesada...

lamentável.

bjs querida Margarida

José Sousa disse...

Penso que não será a primeira vez que entro em seu espaço. Gosto da forma que escreve e do formato do blogue. Estarei sempre por cá para lêr teus belos postes. Vou ser seu seguidor, seja meu também em:

transpondo-barreiras.blogspot.com
congulolundo.blogspot.com
minhalmaempoemas.blogspot.com
queriaserselvagem.blogspot.com


Um grande abraço e tudo de bom. Bom fim de semana.

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá minha querida, tudo bem?

Desconhecia esta vida fascinante, que homem, que coragem...

Como sempre nos ensinando o que há de mais belo!

Bjos carinhosos, ótimo fds!

ONG ALERTA disse...

Acreditar...beijo Lisette.

nadiru-san disse...

Nunca tinha ouvido falar deste homem corajoso,Agradeço a você por me fazer conhece-lo e também sua luta.
eu gostei da barba e de todo resto :)

bjs

Glorinha L de Lion disse...

Querida, obrigada por divulgar meu livro, meus amigos têm sido fundamentais nessa hora tão importante de minha vida!
Gratíssima amiga, de coração, beijinhos mil!

Irene Moreira disse...

Loli
Mais um aprendizado, pois não conhecia essa história. Este senhor Mr. Ai WeiWei que insisto em escrever correto seu nome entregou su a via a esta causa.E sempre um tem que ser o mártir para que se possa fazer ouvir.
"Eu tenho que falar por aqueles que têm medo."

Obrigado por me mostrar mais um exemplo de vida.

Beijos

Celina Dutra disse...

Margarida,

Grande Prazer! A última vez que estive aqui encontrei o aviso da viagem a Tailândia. No link do seu blog, continua indicando esse post. Por acaso resolvi vir. Já está com posts novos e encontro com o homem que precisa falar pelos que têm medo! É um mundo cruel o nosso. A que leva a opressão? Ao choro de uma mãe pela morte da filha!!!
Ainda bem que sempre restam poucos iluminados que tentam alertar os obtusos. É uma luta sem muita esperança de sucesso, mas temos ainda homens a quem admirar!

Girassóis nos seus dias!

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger