segunda-feira, 25 de abril de 2011

DECLARAÇÃO DE AMOR

HOME IS WHERE THE HEART IS...
O nosso lar está onde estiver o nosso coração, a pátria também. DONALD KEENE, cidadão Americano, emérito Professor de Literatura Japonesa na Universidade de Columbia, dividiu mais de 50 anos da sua vida entre o Japão e os Estados Unidos. Donald Keene foi no Ocidente um verdadeiro missionário da cultura nipónica: "...eu propago-a no Ocidente a pessoas que talvez nunca tenham ouvido falar em nada que seja Japonês. Acredito que isso possa desempenhar um papel importante nas suas vidas."
"As pessoas por vezes escolhem na vida o caminho mais fácil. Podem dizer que a razão porque desconhecem a literatura Japonesa, é porque é tão estranha, tão "estrangeira", tão diferente da sua. Isto é uma coisa tão infeliz para se dizer, porque se somos seres humanos cultos, devemos estar atentos a outras culturas, não apenas à nossa."
Donald Keene junto ao túmulo de Matsuo Bashô, 1953
Aos 88 anos, o homem a quem ficamos a dever a tradução de dezenas de obras de autores Japoneses de diferentes estilos e épocas, aquele que disse: "Esqueço-me que não sou Japonês", numa atitude a que não será alheio o drama de Tohoku e a decisão, que o desgostou e que criticou, de muitos estrangeiros abandonarem o Japão, requereu a cidadania Japonesa mostrando todo o apoio e confiança nessa forma de declarar o amor pelo país que ao longo da vida teve sempre no coração.

29 comentários:

Juh Salomé de Beauvoir disse...

Perfeito!!! Quem dera o mundo tivesse mais exemplos assim..
Mas ainda há tempo, e esperança?

Beeeeeeijos, e ótima semana! =)

Ariel disse...

Falta homens como ele, que se dedicam a literatura de um lugar e faz daquilo seu maior trunfo para o resto da vida. Com certeza ele deve esquecer que não é japonês! =]
Beijos!
catwalkin.blogspot.com

M. disse...

Além das palavras, os actos. Gosto dessa coerência. Muito rara:)

Nilce disse...

Ah, minha querida, se todo ser humano tivesse essa compreensão e conseguisse entender o que é Cultura, respeito a ela, o mundo seria bem melhor.
Belo exemplo!
Como foi de Páscoa?

Bjs no coração!

Nilce

Polish Twins disse...

░░(¯`v´¯)░(¯`v´¯)░
     ░░(¯`[█]´¯)(¯`[█]´¯)░
░░(¯`v´¯)(_.^._)░(_.^._)░
░(¯`[█]´¯)░ AGRADABLE
 ░(_.^._)░░ DIA!!!!!!
░░╠███╣░░░░░░░╠███╣
╠██▓▓▓██╣░░░╠██▓▓▓██╣
██▓▓▓▓▓██╣░╠██▓▓▓▓▓██
██▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓██
╠██▓▓▓ SALUDOS ▓▓██╣
░░╠██▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓██╣
░░░░╠██▓▓▓▓▓▓▓██╣
░░░░░░╠██▓▓▓██╣
░░░░░░░╠██▓██╣
░░░░░░░░╠█▓█╣
░░░░░░░░░╠█╣

Guará Matos disse...

O amor verdadeiro esta num plano bem mais alto que as futilidades inventadas para ele.

Maravilha mesmo, querida.

Bjs.

nadiru-san disse...

O meu mais profundo respeito e admiração a esta pessoa maravilhosa...
Obrigada Loli, por me fazer conhecê-lo!
beijos

. intemporal . disse...

.

.

. no tom e no dom da admiração .

.

. pelo fulgor de uma causa de vida .

.

. uma boa semana e sempre os apontamentos de ternura .

.

.

disse...

Querida amiga, esse de fato é o momento mais difícil que passo em toda minha vida. Não está sendo fácil e quero te agradecer profundamente pelo carinho. Sabe...alivia a dor. Bjos e minha eterna gratidão.

Betty Gaeta disse...

Oi Margarida,
Adorei conhecê-lo! Que fofo!
Eu gosto um bocado de literatura japonesa.
Bjkas e uma semana maravilhosa para vc.

www.gosto-disto.com

nacasadorau disse...

Uma declaração de amor, indubitavelmente!
Sweet Loli, pressinto que não será só ele:)
Volto com mais tempo.
Hugs

Glorinha L de Lion disse...

Nem sempre nossa pátria é nosso lugar de nascimento...eu penso assim e sinto assim com relação à Itália e Portugal...Desejo um dia poder morar num desses dois países e, como este emérito professor, professar assim meu amor por uma das duas pátrias que trago em meus genes e em meu coração...Nosso lar é realmente onde nosso coração está, lindo Loli querida, beijos amiga,

diariodumapsi disse...

Extraordinário no seu modo de existir, ele nos dá exemplo de amor e dedicação pelo que faz, parabéns pela escolha e por nos brindar sempre com histórias nos levam a refletir sobre sobre nós mesmos.
Te desejo uma bela semana
gd beijo

Malu Machado disse...

Que belo exemplo. Adorei.

BIA disse...

Oi Loliiiii!!!

Eu adorei este post... amei essa parte: "...porque se somos seres humanos cultos, devemos estar atentos a outras culturas, não apenas à nossa." Concordo plenamente!!!

Tenha uma semana com muito alto Astral!!!

Beijoooosss

Bia

Karlinha Ferreira disse...

E como é difícil encontrar um amor assim, que passe pelo teste do tempo e pelas imperfeições.
O Japão de fato é uma pátria nos inclina a amá-la!


Beijo grande!

Bia Jubiart disse...

Bom dia Flor!

Grata por vc abrir mais uma porta...A noite vou pesquisar sobre as obras dele, me interessou.

A questão que envolve cultura, identidade, é de uma grande complexidade, e o mais cruel de tudo é que o preconceito do "Dominador" sobre o "dominado" está sempre presente...

Uma ótimo dia p vc.

Carinhossssssss

Maria Helena disse...

Algumas pessoas se destacam na multidão e, de certa forma, nos salvam pelo seu poder de enxergar além do que está explícito. Essas pessoas levam para qualquer lugar a essência de um olhar caleidoscópico.
Lindo e inspirador post!

Lúcia Soares disse...

Não o conhecia, mas agora o admiro. E que carinha mais alegre, nos seus 80 e tantos anos, dando banho de sabedoria e amor. Gente assim vale a pena.
Seu amor pelo Japão também é contagiante.
Depois de conhecê-la, e ao Alexandre, passei também a olhar com outros olhos para essa terra mística, valorosa, culta, trabalhadora, essencialmente humana.
Beijo!

Carla Farinazzi disse...

Oi Loli!

Que tudo de bom isso! Bom saber da existência de D. Keene, não conhecia sua história.
Eu adoro e respeito muitíssimo a cultura japonesa, suas lições, ensinamentos, sabedoria, tradições, tudo, e... a gastronomia também!
"devemos estar atentos a outras culturas, não apenas à nossa"

Excelente!

Beijos

Carla

Anne Lieri disse...

Loli,um homem que amou a vida e as pessoas sem fronteiras!Uma belíssima lição!Adorei!Bjs,

Anne Lieri disse...

Loli,um homem que amou a vida e as pessoas sem fronteiras!Uma belíssima lição!Adorei!Bjs,

Anne Lieri disse...

Loli,um homem que amou a vida e as pessoas sem fronteiras!Uma belíssima lição!Adorei!Bjs,

Sônia Cristina disse...

Oi linda Flor,

Quem sabe um dia teremos muitos e muitos exemploa serem seguidos né??

Concordo plenamente: Devemos expandir nossa cabeça para outras culturas.

beijo

Lívia Azzi disse...

A alma deve estar aberta para se sentir tocada, entrar em sintonia e surpreender-se em novos caminhos e escolhas que sensibilizam e façam parte do todo em que vivemos.

Pessoas como Donald Keene ao sentirem tocados pelo que é belo também tocam a alma de outros, transmitem amor e compaixão.

Perdoa meu atraso, querida Loli...

Mil carinhos e beijos!!

Leo disse...

Eu preciso conhecer mais da Literatura Japonesa, devemos mesmo conhecer sempre outras culturas, sentir, sintonizar, abrir a mente e ascender a alma.

Mil ternurassss!!!

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá minha linda!

Que homem, que amor!

Mostra que não há barreiras e distâncias quando gostamos de algo...

Enxergando desta forma tudo parece possível, não?

Beijão carinhoso!!!

LuH disse...

Bonito isso, Lolipop.
Me sinto meio assim, sabe, pq vivo precisando trocar de cidade por causa de trabalho.
Apesar da língua ser a mesma na base, ela difere mesmo dentro de um mesmo país.
Não escolhi um lugar, mas amo de coração os que passo. Tento mergulhar na cultura alheia, me integrar... pq no fundo sou de tudo um pouco
Assim como os sentimentos, as coisas, o mundo não se fragmenta, vivemos numa ilha. Conhecer, trocar, apaixonar-se é algo que só amplia minha sensibilidade.
Através de vc e de tantos outros amigos japoneses, somos tb Japão!

Abç carinhoso!

Irene Moreira disse...

Loli
Minha doce amiga chamo a isso do verdadeiro amor, a pureza da alma, a dignidade de um homem iluminado.

Beijos no seu coração

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger