sábado, 5 de fevereiro de 2011

DANÇANDO COM A DIFERENÇA - BLOGAGEM COLECTIVA

Este post está incluído na Blogagem Colectiva proposta pela Aleska do Diários de Bordo e pela Pandora do Blogue Uma Pandora e Sua Caixa.

"A deficiência para mim não interessa. O que me interessa é a capacidade das pessoas. A deficiência para mim não é nada."
HENRIQUE AMOEDO
A primeira vez que viu uma pessoa diferente dançar, Henrique Amoedo não teve dúvidas do seu destino - trabalhar a partir desse momento. DANÇANDO COM A DIFERENÇA começou no Brasil, em Portugal existe há alguns anos sob a alçada da Associação dos Amigos da Arte Inclusiva.
Em palco, um confronto directo com a questão da diferença. O elenco conta com artistas portadores de trissomia 21, paralisia cerebral, espinha bífida, e ainda dançarinos que não apresentam nenhuma deficiência, de outro modo, estariam a reproduzir o preconceito.
Assim, em palco a união dos corpos, das mentes - o modelo da verdadeira inclusão. Dentro do elenco também se cresce. O preconceito vai sendo trabalhado e vai-se desvanecendo. O público primeiro sente, depois pensa. E cresce também.
A autoconfiança e a auto-estima, são trabalhadas dentro do grupo. Sobretudo por parte daqueles que têm um grande desafio. Porque são cegos ou porque não podem usar os seus membros. Superado o desafio, nasce um ser, completo, à sua maneira.
Afinal, o que é verdadeiramente a "deficiência" ou a "incapacidade"... Será que "incapazes" são aqueles que param de sonhar? Ou aqueles que param de viver, embora continuem a respirar?

44 comentários:

Meri Pellens disse...

Exato. Apesar das limitações todos temos capacidades de algo. O que falta às vezes é oportunidade, um empurrãozinho rs...
Adorei seu post, amiga!
Beijo na alma!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

mais ou menos abordamos o tema da mesma maneira hj, Margarida. A inserção do deficiente na sociedade através da arte, mostrando que sim, também são bons dançarinos, artistas, etc. muito bacana esse seu post, gostei de conhecer o trabalho desses artistas.
bjs e bom dia

Bia Jubiart disse...

Tocaste na ferida...
Existe tantas pessoas deficientes e portadoras de necessidades especiais na "cabeça", e isto as vezes é bem pior...

Flor, ficou linda a tela aqui no seu templo. Amei!!!

Um fim de semana luz p/ você.

Beijoooooooooooooooooooo

ferreiralopes disse...

Visito o seu blogue com muito prazer sempre! A integração total faria de nós uma sociedade e um Mundo muito desenvolvidos. Como professor e cidadão urbano reconheço, infelizmente, estarmos ainda longe disso...A política que se pratica é imperfeitíssima ! Um abraço.

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Que bonito... Quando queremos podemos de facto fazer tudo... sem limitações.

Lívia Azzi disse...

Que idéia bacana!

Sem dúvida alguma, Loli: "incapazes" são aqueles que param de sonhar e de viver, embora continuem respirando.

Mandei um e-mail para você agorinha... Volto com mais calma...

Beijos e carinhos...

diariodumapsi disse...

Ei Loly!
Maravilhoso trabalho! O que é bem interessante a mistura de pessoas portadoras de deficiência com aquelas que supostamente não tem deficiência nenhuma. De uma forma geral o que vemos são os trabalhos APENAS com as pessoas portadoras de deficiência, o que reforça a diferença e o preconceito.
Existem muitas pessoas que aparentemente não tem deficiência nenhuma, mas estão paraplégicos para a vida.

Parabéns pela postagem.
Gd beijo

Élys disse...

Essa é uma blogagem que estou participando, com muita carinho.

Creio que deficientes são aqueles que têm preconceito, pois as suas mentes não conseguem enxergar o amor.
Esse seu texto mostrando a integração de pessoas dançando é um exemplo maravilhoso de inclusão.
Beijos.

Irene Moreira disse...

Verdadeiramente verdadeiro!!! Todos somos iguais e não importa as diferenças.
Fantástico o seu post. Encerrei com a dança dos deficientes e acho magnífico esse trabalho Dançando com a diferença.
Outro dia vi um vídeo no Lost in Japan de dançarinas surdas. Uma sincronia que se não falassem que eram surdas e não perceberia de tamanha perfeição.

Que bom compartilhar com você estes momentos.

Beijos

Beth/Lilás disse...

Bom dia, querida Loli!
Sim, esta maravilhosa inclusão que países europeus propiciam a estas pessoas é o que muito falta ainda em países como o nosso Brasil.
Por aqui, vemos poucos a andar nas ruas, em praças, em trabalhos, tudo parece feito para pessoas comuns e esquecem dos especiais.
Esta blogagem tem grande importância para mostrar justamente isto, ou seja, o que fazer para mudarmos estas coisas, o que fazer para inserirmos a todos numa mesma sociedade.
um beijo grande e carioca minha amiga.

Paulo Becare Henrique disse...

Loli, eu ainda não tinha visto que seu blog está de cara nova! Está lindo mesmo!

Peço desculpas por ter andado meio ausente aqui do seu cantinho. Infelizmente não estou dando conta de comentar em todos os blogs que leio/sigo/admiro... são tantos que está ficando difícil me manter presente através dos comentários.

Esse post é nobre e maravilhoso. Vou indicá-lo para uma nova amiga querida, a criadora do blog deficienteciente.com.br Tenho certeza que ela irá adorar.

Também fiquei imensamente grato pela sua presença e comentário lá no "Manchete". Foi um prazer. Em nome da equipe, agradeço pelo apoio!

Beijos carinhosos!

Ângela disse...

Minha flor Predileta, Me sinto feliz, quando você comenta sobre meus posts, sua opinião é muito importante.

quando você diz: "incapazes" são aqueles que param de sonhar? Ou aqueles que param de viver, embora continuem a respirar?

Acredito que são aqueles são os dois.
São pessoas sem a capacidade de perceber o quando temos de agradecer por estarmos vivos.

Eu agradeço muito a você, por em novembro do ano passado, através de um post, e uma atitude surpreendente, ter me feito ver e sentir que eu estava nessa condição, eu estava viva e parada (querendo estar morta) mas, respirando.

Nunca me esquecerei disso.

Lindo seu post.

Um enorme beijo cheio de ternuras e borboletas a lhe rondar.

Runa disse...

A deficiência está, quase sempre, no preconceito e na egoísta visão de uma sociedade que, de perfeita, nada tem...

Bom fim de semana

Runa

Pandora disse...

Lindo post, linda abordagem!!! Informativa!!! Realmente todos temos limitações e nenhuma delas nos impede de fazer o que queremos!!!

E a pior deficiencia é a que está no coração de algumas pessoas \o/

Obrigada por participar \o/ Por compartilhar conosco de sua visão, de seus conhecimentos!

Bah disse...

Mais do que deficiência física, acredito que quem tem preconceito com deficientes físicos, provavelmente tem deficiência na alma.

Lindo post.

Kisu!

Glorinha L de Lion disse...

Muito bom teu post Loli! Deficientes na alma são os que mais vemos por aí...e esses são perigosos, pois se escondem atrás de sua aparência.
A inclusão pela dança, pela arte é espetacular...já vi um balé na Tv com portadores de necessidades e foi maravilhoso. Aliás, a arte, no meu entender defaz as diferenças, transforma vidas, nos faz re-viver. Ela é que move o homem na direção do sonho. Beijo querida,

orvalho do ceu disse...

Olá,querida Loly
Realmente a auto estima é primordial em nosso ser... redime nossa falta de integração em algum nível dele... tanto físico quanto outro...
A incapacidade de sonhar é deveras frustrante e necessita de cuidados especiais... vc fez muito bem em frisar!!!
Bjs de inclusão

Lívia Azzi disse...

Vejo meus alunos lá na escola com paralisia cerebral, deficiência intelectual, autismo... Eles são tão carinhosos e alegres, sobretudo porque antes de qualquer outra coisa, são sujeitos em um ambiente de aprendizagem, cada um é único em seu potencial e singularidade. Aprendo muito com eles todos os dias...

É exatamente como você disse, Loli: "Superado o desafio, nasce um ser, completo, à sua maneira".

Ternuras....

Nilce disse...

Oi minha amiga querida

Quem é perfeito e quem é deficiente?
A deficiencia está na falta de oportunidades, de amor à vida e ao semelhante.
Todos somos capazes se retirarmos a ignorancia de nos considerar "normais". Diferente é a hipocrisia dos que se acham "eficientes".
Parabéns pela postagem.

Um lindo final de semana para você.

Bjs no coração!

Nilce

MAQUIAGEM EH TUDO !!! disse...

Afffffffffff q charme !!!!! Ameiiii neh!!!!!

Aparece lah no blog, viu!!!!!
Bjks, Vanessa Ramos
maquiagemehtudo.blogspot.com

Ana SS disse...

post lindo e prudente.
deficiente é aquele que não vê isso.

andreia inoue disse...

ola margarida, post inspirador e imagens divinas.
E o importante eh as pessoas comecarem a se conscientizar que ter uma limitacao,nao torna ninguem inferior ao outro,
um beijao.

Carla Farinazzi disse...

Lindo post, Lolipop!

Gostei muito. A arte é redentora, liberta aquilo que temos de mais precioso, nossa essência.
A deficiência advém das formas arcaicas de se pensar, do preconceito, da fuga de si mesmo, do egoísmo. Isso é deficiência. Ausência de amor, cegueira do coração.
Um super beijo pra você

Carla

KINHA disse...

Olá Loly

Post de Domingo "AS VIAGENS DA KINHA"... até amanhã...

Bjoooooooooooooooo...............

http://amigadamoda.blogspot.com

Lúcia Soares disse...

Loli, deficientes são os que não acolhem não aceitam, não incentivam os que têm alguma limitação.
Aqui no Brasil se vai a passos curtos, mas já há muito grupo fazendo dança, praticando espoetes, pelo menos nas capitais e os cadeirantes.
Agora, há outros tipos de deficiência, neurológica, mental, e a estes ainda se dá pouca importância.
Precisaremos de mais blogagens coletivas alertando para isso!
beijo!

Maria Helena disse...

Amiga Flor, estou ainda bailando com a sua postagem e sentindo uma liberdade inimaginável nas asas do pensamento. É no pensar que tudo pode acontecer. E a deficiência acontece muito mais na mente de quem percebe imagens distorcidas do outro.
A deficiência é de quem olha e não percebe nada além do que está explícito! Adorei a sua postagem! Parabéns por trazer assunto tão pertinente! Beijos, minha querida amiga!

Aleska disse...

Muito bacana expor as possibilidades de inclusão já existentes, é sempre bom aumentar as escolhas acho que isso sempre dá mais esperança pra quem se sente limitado principalmente pelo preconceito. beijos!

Misturação - Ana Karla disse...

Todos podem e devem fazer sempre mais e com total apoio da sociedade que vai muito mais adiante.
Maravilhoso seu post para o lado das artes.
Boa Noite!

nacasadorau disse...

Sweetie!

Este é primeiro post que leio desta Blogagem que desconhecia.

O tema é importantíssimo e urgente.

De algum modo, incapacitados somos todos nós...
Todos sabemos, que quando alguém tem uma dificuldade, seja de que ordem for, outra se desenvolve que suprime a "falta" da outra.

Gostei imenso da forma como abordaste o tema, via Arte!

You're unique, I'm unique... just like everyone else!!!

Huge Hug

Leo disse...

Post lindo demais Loli! há certas limitaçoes em todos nós, mas o preconceito é a maior de todas as limitações que alguém pode ter!

Doce post, Loli!!!

Corre no meu blog, tem uma surpresa pra vc na nova postagem!

Beijos!!

Amara disse...

Lindo post!
Todos nós somos capazes ,não importa as nossas limitações.
bjsss

Sônia Silvino disse...

Belo post! Parabéns!
Bom domingo!
Beijos!

disse...

O "PRÉconceito", esse sim é limitador e destrutivo e deve ser combatido sempre. Linda mensagem vinda desse seu post. Bjos no coração!

Chica disse...

Lindo como não poderia esperar diferente por aqui!iUm lindo domingo, beijos,chica

. intemporal . disse...

.

.

"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós, deixam um pouco de si, levam um pouco de nós."

[Saint Exupéry]

.

.

. pela inclusão . como privilégio de conviver com as diferenças .

.

.

. e deixo . um . mais um . apontamento de ternura .

.

.

Blog da Fofa disse...

A beleza está justamente na diferença e nos olhos de quem vê. Lindo Margarida. Demais. Um grande bjo p vc, minha querida

César disse...

Olá. Sobre deficiência, o que mais notamos em nossa sociedade, é a mental: Aquela que cega. O Pré conceito deveria ser um início para conhecermos os outros e a nós mesmos. Jamais para ser arma de segregação...

Minha cara Lolee, minha visita anterior não foi, nem de perto, silenciosa...rsssss.... meu comentário anterior foi quase maior do que o texto comentado.

Bem...parabéns. És possuidora de belas palavras...

Abraço
César

I Love Ski Jumping disse...

Muito bom blog! Blog muito bonito .. Saúdo com grande polonês; ***
Eu espero que você me visitar no meu blog; ** beijos!

César disse...

Oi, Lolee
O tal comentário está em
"Há pássaros a cair do céu"


ciao
César.

nadiru-san disse...

a pouco tempo vi uma dança de um casal, belissima dança!foi na internet,fiquei encantada! só no meio da dança percebi que eram deficientes!
adorei a maneira como postou! acredito que incapazes são os que deixam de sonhar...
bjs

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá minha queridíssima,

Vejo que és uma pessoa linda por dentro e por fora, em expor algo tão sensível e delicado que é este tema.

Acredito que todos têm a capacidade de transformar um pequeno gesto em algo grandioso, como este post.

Parabéns!

Beijo grande, ótima semana.

Vera (Deficiente Ciente) disse...

Belo blog e belo post!
Conheci o blog através do amigo Paulo Becare.

Um texto reflexivo e conscientizador. Parabéns!

Abraço,

ManDrag disse...

O ser humano projecta-se além do seu corpo. As limitações físicas ou intelectuais não fazem de nós menos humanos. Todos nós trazemos na alma a centelha do sonho, a centelha da vida.
Afinal todos nós somos limitados e ineficientes, dum modo ou doutro.

Abraço

Henrique Amoedo disse...

Olá... só hoje deparei-me com o vosso blog e fiquei surpreso com o número de comentários. Parabéns pelo blog e obrigado por mencionar o nosso trabalho. Até logo. O meu email é geral@aaaidd.com e o nosso site www.aaaidd.com.

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger