quarta-feira, 16 de junho de 2010

A Teia da Aranha do Paraíso

Numa bela manhã, Buda passeava no Paraíso junto á margem do Lago dos Lótus. Por baixo deste, e das suas águas cristalinas, ficavam o Rio das Três Correntes e a Montanha das Agulhas, ambos sítios pouco aprazíveis das profundezas do Inferno. Espreitando, Buda entreviu, entre muitos rostos, um homem chamado Kandata, que tinha sido ladrão e assassino, mas uma única vez, tinha sido capaz, como Buda recordou na altura, dum acto louvável: poupar a vida a uma minúscula aranha.
Buda, decidiu então, dar-lhe uma oportunidade para que pudesse escapar ao Inferno. Pegando delicadamente na teia prateada duma aranha do Paraíso, encaminhou-a para as profundezas do lago, em direcção a Kandata. Este não perdeu tempo em agarrá-la e trepar com quanta força tinha, tentando livrar-se das torturas e das trevas. Mas a subida, não se previa tarefa fácil, nem para um ladrão ágil como Kandata, pois uma considerável distância separa o Inferno do Paraíso.
Assim, mesmo não querendo, Kandata viu-se forçado a parar para recuperar forças, e foi então, que olhando para baixo para se certificar que já estava bem longe, viu horrorizado que eram muitos os condenados que o seguiam. Isso é que não! - pensou Kandata. A teia era demasiado fina para suportar apenas o seu próprio peso, quanto mais o daquela coluna de formigas. Ia concerteza partir-se e o seu imenso esforço seria em vão. E Kandata pôs-se a gritar:
- "Ouçam lá seus pecadores! Esta teia de aranha é só minha. Quem é que vos disse que podiam subir? Saiam já!! Já!"
No mesmo instante, a teia de aranha, até aí aguentando-se perfeitamente, partiu com um ruído brusco, mesmo onde Kandata a segurava. Antes que pudesse gritar, já Kandata lançado no vazio, mergulhava de cabeça nas mais escuras trevas.
Nas margens do Lago dos Lótus, Buda observava o sucedido com o rosto ensombrecido de pena. Kandata tinha pensado apenas em salvar-se a si próprio, e a sua falta de compaixão tinha sido punida.
Nem sempre as histórias terminam bem, mesmo quando as teias são de aranhas do Paraíso.

Fonte: "Rashomon and Seventeen Other Stories", Ryunosuke Akutagawa

27 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Bela lição, o fim dos egoístas é sempre triste.
Um abraço

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Concordo plenamente com o amigo Wanderley.
Uma lição enorme a todos nós!
Buda dera uma chance única a Kandata, mal sabia ele que no próprio caminhar para se livrar do inferno, sua bondade já estava sendo testada.

Magnifico como sempre Margarida.

Um presente como de costume!!

Beijos

HAZEL disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
HAZEL disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
disse...

Uma grande lição!!!Adorei!!!Bjos

Nilce disse...

OI, Margarida

Que lição! A falta de compaixão, bondade, união e humildade acaba sempre assim.

Belo texto.

Bjs no coração!

Nilce

Denise disse...

Adorei o post Margarida!
Que sirva de exemplo para todos!
Bjs querida!

Ângela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ângela disse...

Margarida, minha querida! vai ter um dia em que poderei ficar horas e horas aqui no Banzai lendo tudo que vc. escreve e fazendo meus comentários calmamente, mas enquanto isso não acontece passo aqui para ler e comentar rapidinho. outro dia vc. comentou que é nascida em Angola, ontem uma pessoa que também é de lá começou a seguir-me, o nome dele é José Souza e tem um blog ineressante passe lá pra conhecer.
Dizem que mundo é dos espertos, mas nem sempre todo esperto precisa ser egoísta, e as vezes também é dada a chance de algo melhor e a pessoa não sabe aproveitar, cai fundo...
Como sempre lindo.
beijokas carinhos, minha amiga.

Ângela disse...

Opssssssss. o José é seu seguidor também (rsrsrs)
mais beijokas e ternurinhas.

MikMary disse...

Bonita história. Rica lição.
Quando só estamos preocupados com o nosso umbigo, nem sempre as coisas correm bem.

Um abraço
MikMary

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Mais uma lição de vida :)

disse...

Passei para te desejar um lindo dia!!! Bjão

Fernanda disse...

Sweet lollipop! Margarida!
Simply fascinating!!!

Ohayoo gozaimasu!
Ogenki desu ka?
Hajime mashite, Ná desu. Dôzo yoroshiku.

Anata wa Margarida desu ka?

(^_^)

Diz-me se está correcto???!!!

Desculpa, mas se calhar ainda não leste a minha resposta ao teu comentário no no Rau...eu creio que não te importarás que te trate de forma mais informal, é um defeito meu...ou não, acho que vem do Inglês mesmo, trato todas as pessoas que mo permitem por tu. Posso???

Como já te disse, eu adoro tudo que seja Oriental, tudo mesmo, até comida.

Agora, minha amiga, estes contos eu tenho até vontade de levar para contar a outros.
O meu fascínio é equiparável ao de uma criança, fico WOW mesmo.

O que eles nos aportam como ensinamentos e a forma como são contados, deslumbram-me.

I DO LOVE YOUR BLOG, AND WON'T STOP COMING HERE EVERY SINGLE DAY, TO DRINK FROM THIS FOUNTAIN OF LIFE AND CULTURE.

Have a wonderful day!
接吻は
後で均等になる
Fui ao tradutor online ;))))
Domo arigato
Mata ashita!

Hugs.

Na casa do Rau

andreia inoue disse...

que bela historia, e o melhor de tudo foi a licao passada.
um beijaoo.

Meri Pellens disse...

Ah, mas é assim mesmo. As oportunidades da vida são para serem
partilhadas e não usufruídas egoísticamente.
Beijos na alma, qiuerida!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

O egoísmo tem um final trágico... sempre. Bonita essa postagem.

Margarida, estou tão atrapalhado nos últimos dias... minha cabeça a mil, como dizemos por aqui rs.
Qual pergunta q vc tinha me feito?
Me avisa lá no blog q eu respondo pra vc aqui
bjs e bom dia

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Vai ao meu blog ;)

papoila disse...

Lindo!
Muitas vezes as pessoas estão a receber a sua última oportunidade e não percebem! O que quer dizer que não aprenderam nada ao longo da vida.
Desejo a todos que Deus nos dê sabedoria para nos portarmos bem com os outros e com nós próprios.
xx

cantinho she disse...

Bela lição!
Bjo, bjo!
She

Ester disse...

Voce é uma graça...hehe...se eu pudesse estaria aqui todos os dias postando e comentando, principalmente vim no banzai pra ser suficiente somente em ouvir esse drim drim ou toc toc suave....mas tenho uma vida mto atarefada amiga! Veja, no final acabo escrevendo e escrevendo...
Essa lenda é linda mesmo, vc escolhe as melhores, nao?
Grande beijo.

lu http//:minha-distraçao.blogspot.com/ disse...

Oi Margarida,linda liçao esses dias li em algum lugar não me recordo onde que as oraçoes só são ouvidas se pedidas para proveito de todos não para si proprio.
Beijos Lu

Fernanda disse...

Amiga Margarida! Sweetie!

Peço autorização para publicar este teu conto no Sempre Jovens, outro Blog do qual sou co-administradora... Posso?????
Dou-te todos os créditos, naturalmente.

Amanhã venho saber a resposta, agora vou dormir.
Amanhã???
Amanhã faço 35 anos de casada, ei lá, devo estar velha... mas olha não me sinto nada disso.
I feel fresh as a daisy and as happy as I can possibly be!!!

Domo arigato
Mata ashita!

Fernanda disse...

Amiga Margarida, Lolipop!

A piscar os olhos e quase a cambaleat ...lá fui fazer o trabalho para amanhã, considerando que a tua resposta seria - SIM - NO PROBLEM WHATSOEVER.

Está aqui -Fernanda Ferreira ou Ná

Hugs

Michelle Lynn disse...

Linda a história!!
Nossos atos são testados todo o tempo... Os valores nunca devem ser esquecidos ou deixados de lado, somos aquilo que plantamos.
Lição para a vida toda!!

Mudando de assunto, sempre que entro no seu blog, toca o sininho... e o meu filho (Arthur) vem correndo pedir para eu colocar a "música da bonequinha"!!!

Bjoss

Elisa no blog disse...

Adoro essa história de Akutagawa. Sabia que dizem que ele era um homem alto, magro e muito bonito? Mas muito sensível e acabou se suicidando, que pena. Aqui ele mostra que o egoísmo deve ser condenado pois acaba destruindo a todos. Belo post.

Sim, está certo. Porutogaru kara desu. De Portugal. Vc aprende japonês?

Lilian disse...

Ola,vim aqui conhecer seu blog,através da indicação do Felipe(meiocozido blog) e adorei seu blog.Ja estou seguindo!

Este fim de semana virei visitar seu blog com mais tempo e comentar.

Adorei este texto,pois é uma lição de vida.

Prazer enorme em estar aqui...Bjks

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger