sábado, 24 de abril de 2010

Sake & Haiku - Santoka Taneda

Santoka Taneda (1882-1940), foi poeta, viajante, e sacerdote Zen. Os seus haiku, são escritos em "free-style", afastando-se tanto da forma, como do conteúdo do haiku tradicional. Por eles passam observações acerca da natureza, da filosofia Zen, da solidão e isolamento (sabi) das suas viagens, da impermanência da vida e... das alegrias do sake.
my life has been a continuous waste
I pour sake
out of it are born my haiku
Na verdade, Santoka debateu-se com problemas de alcoolismo e em 1924, terá tentado suicidar-se colocando-se na frente dum comboio, mas antes do impacto, o condutor viu-o a tempo de travar. Depois do incidente, Sanoka foi levado para um templo Zen nas proximidades, onde permaneceu até ser ordenado sacerdote, optando, no entanto, por uma vida errante, estendendo a sua kasa para que lhe dessem comida e continuando a escrever os seus haiku.
the sky at sunset
a cup of sake
would taste so good
A melancolia e a solidão, permaneceram para lá do sake?
if I sell my rags
and buy some sake
will there still be loneliness

0 comentários:

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger