domingo, 30 de agosto de 2009

HIROSHIMA HIBAKUSHA


" ON SOME UNDRESSED BODIES, THE BURNS HAD MADE PATTERNS...THE SHAPE OF THE FLOWERS THEY HAD ON THEIR KIMONOS. "

HIROSHIMA, JOHN HERSEY
Em 1945, Hersey, conheceu no Japão, um padre jesuíta que tinha sobrevido à A-BOMB embora com sequelas. Um hibakusha. Foi ele que lhe apresentou outros sobreviventes. Destes, Hersey escolheu seis, incluindo o próprio padre. Todos eles se tornaram personagens dum relato não ficcional escrito de forma clara e meticulosa, num estilo desapaixonado, permitindo ao leitor uma experiência o mais directa possível com o horror do acontecimento. Embora publicado na íntegra pelo " THE NEW YORKER " em 1946, só em 1949 foi traduzido em japonês. Fotos, filmes e relatórios científicos sobre as consequências da bomba só puderam ser tornados públicos depois da ocupação. Em 1985, um editor americano, acrescentou um novo capítulo " THE AFTERMATH ", que narra o que foi feito dos seis sobreviventes nos anos que se seguiram. Esta edição foi agora reeditada pela PENGUIN BOOKS.
Peguei nela na livraria do aeroporto de NARITA, à espera do voo de regresso e li o livro dum fôlego, a pensar na manhã que passei em tempos junto ao A-BOMB, no Hiroshima Peace Memorial Park.

0 comentários:

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger