quinta-feira, 17 de março de 2011

O CÃO, O SOL E A PSICANÁLISE

Hoje não estou nos meus dias. Pensando bem, acho que já nem ontem, nem mesmo anteontem.
É como se o nó na garganta pedisse um grito. Quando fiz teatro aprendi a gritar. Pode parecer estúpido, porque basta estar vivo para poder gritar. E gritar a agradecer o simples facto de estarmos vivos. Ou seja o que for que tenhamos para agradecer.

Foi por isso que me apeteceu trazer aqui esta história dum psicoterapeuta jungiano em Hollywood.
Numa primeira sessão, ele pede ao seu cliente que feche os olhos e se concentre nas coisas que tem para agradecer. Se o paciente nada disser, ele sugere o cão. Aí, o paciente concorda que sim, que agradece o cão que tem. De seguida, se o paciente não quiser ir além do cão no rol das coisas pelas quais dá graças, ele sugere o sol. E o paciente responde de forma relutante:
"Sim, o sol...agradeço o sol. Às vezes."

É pena no teatro não nos ensinarem a estar vivos.
Ou a dar um sentido ao nosso grito.

38 comentários:

M. disse...

Vamos lá ver se entra:)

Tentei dizer-te que o teu sentir faz de ti alguém bonito:) (eu sei...já sabia:)). O sofrer passa. E pode ser nobre. Como o é o teu:)

papoila disse...

Loli,
Abri o computador e li a tua frase:
"hoje eu não estou bem..." nem sabes o que senti! É que estou exactamente como tu um nó....uma ansiedade...
Enfim, eu tenho muito que agradecer e agradeço mas foi bom esta passagem por aqui...
bjis e melhores dias para ti também.
xx

Beth/Lilás disse...

Loli querida!
Vou te contar, estamos todos com este nó na garganta por estes dias de assombro.
Ontem e anteontem tive insônia e não tirava imagens e pensamentos da cabeça. Sinto medo, esta é a verdade, pelos amigos, pelo planeta, por todos os seres que nele estão, vistos cada vez mais como pequeninos grãos de areia na imensidão desse universo.
Mas, tenho sempre esperança em dias melhores, por isso, desejo-lhe força e que esta ansiedade não nos deixe doentes.
um beijo grande, carioca

Rogério Pereira disse...

É curioso que seu post me fez pensar que o que nos está acontecendo é exactamente o contrário do seu corolário, isto é:

A VIDA RESOLVE NOS ENSINAR A TEATRALIZAR E A ADMITIR QUE O SENTIDO DO GRITO É UM INTOLERÁVEL SILÊNCIO
(é o que eu penso)

Sônia Silvino disse...

O mundo se comoveu com tudo o que aconteceu no Japão. Infelizmente, a vida é uma caixinha de surpresas que nem sempre são boas.
Fique bem, minha amiga!
Beijinhos!

Anónimo disse...

interessante...
reparei num comentário que descobri ser seu no blog do Rui (Neuromante) mas com o nome de Ana Luisa (?) como normalmente leio sempre "Lolipop"(?)
e aqui o nome é Margarida.(?)
Afinal qual é mesmo o seu nome?
Se calhar o teatro sempre lhe valeu de alguma coisa - eheheh - atendendo ao post, em vez de ensinar a gritar. Isso só para quem tem bons pulmões. É o seu caso?
Aplausos a quem se reconhece actriz.
Bravo!

Luisa (mas não Ana)

Astrid Annabelle disse...

Loli!
Viver em estado de Graça, este é o meu lema...creio que já sabe disso!
A mensagem que postei no meu blog hoje fala bem disso...sobre o estar vivo e ser grato pelo agora!
Beijos, muitos beijos ternurentos!
Astrid Annabelle

Wanderley Elian Lima disse...

Tem dia que a coisa complica muito, e dá realmente vontade de gritar, de esmurrar a travesseiro, ou coisa assim. O bom é que amanhã é outro dia.
Bjux

BIA disse...

Pois é Loli... com tantas notícias ruins é difícil mesmo ficar bem... mas a vida é assim imprevisível e os momentos ruins infelizmente fazem parte... mas nada como um dia após o outro... sempre haverá uma amanhã melhor!!! Não pode é desanimar, se abater e ficar pessimista, pensamento positivo sempre!!!
Beijos
Bia

Elaine Barnes disse...

Todo mundo que conheço não está bem. Deve ser algum movimento de planetas. Parece que a bruxa anda solta! O terremoto e o tsuname mexeu com os nossos próprios barulhos,então o melhor é silenciar pra aquietar o coração.Montão de bjs e abraços
Ah estou divulgando um blog de astroterapia de uma amiga. Se puder de uma olhada.
http://nosolhosdacoruja.blogspot.com/

Carla Nunes disse...

Sábias palavras, Loli! :)

:*

Guará Matos disse...

Grite, pois eu gritarei também.

Bjs.

Carla Farinazzi disse...

Loli,

O teatro da vida é que nos ensina a estar vivos, agradecer por isso e dar sentido ao que gritamos.

Aliás, eu só tenho a agradecer nessa minha vida. A cada minuto.

Beijos, querida Margarida

Carla

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Grata por este teu post ;)

Meri Pellens disse...

Tem vezes que pego o travesseiro e grito com ele à frente da boca para abafar o som rs... Alivia a tensão.
Adorei seu post e agradeço por você existir, viu?
Beijo na alma, Loli!

Ale Quejinho disse...

Hoje estou assim tambem, traduziu tudo.
Ale

Fabiano Mayrink disse...

Tem dias que não nos sentimos muito felizes mesmo não, nesses dias parece que da um aperto no peito, uma vontade de chorar e gritar!! Mais passa minha amiga tudo passa.. Amanha o sol vem com o calor a te alegrar ;)

Interessante essa sua ultima frase:

"É pena no teatro não nos ensinarem a estar vivos.Ou a dar um sentido ao nosso grito"

bjs

Paulo Becare Henrique disse...

Do cão ao sol pode-se passar pelo universo inteiro. Gratidão, de fato, é questão de iniciativa e hábito.

Lindíssima reflexão!

Élys disse...

Minha querida
Creio que o importante é estar vivo e agradecer pelo momento, seja qual for, tendo a certeza que um dia tudo será melhor. Na caminho da vida tudo é aprendizado.
Beijos.
Élys

Sônia Cristina disse...

Oi Linda flor,

Esse nós na gargante é de todos nós, parece que a tempestade NUNCA passa.

Aceite meu carinho.

beijo

Lívia Azzi disse...

Muito querida Loli,

Talvez o grito ensinado no teatro não tenha sentido porque a vida também não tenha...

Mesmo assim, grito com você, para tecermos juntas "uma manhã"...

Ternuras...

Te adoro tanto!

Lívia Azzi disse...

Lembrei de uma reflexão linda, Loli:

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada".

(Clarice Lispector)


;-)

Karlinha Ferreira disse...

É complicado...
acredito que a insatisfação, e o estado de inercia imposto por qr pessoa menos nós é o que nos mata...
Angustia... insatisfação e tristeza, cmg tudo fica mais agudo a noite...

Espero sinceramente que melhores...

A arte de agradecer tvz também esteja intimamente ligada a arte do perceber além...

Pedir é a melhor maneira de merecer...


Beijo... adorei a história, apesar de triste...

Glorinha L de Lion disse...

Loli, gritar faz bem, xingar faz bem, ser atriz faz bem! O que não faz bem é ser covarde e não assinar comentários e ser tão burro que não entende o que está dito. Aliás, ser burro faz mal aos que estão à volta dele, pois o próprio burro é tão burro que só relincha e não sabe que é burro...Aliás, pobres burros, os animais, nada têm de burros, já algumas pessoas, se caírem de quatro, nunca mais se levantam. Deviam arrumar o que fazer em vez de ficar zurrando asneiras por aí...Se soubessem como isso é feio, pois todos sabem quem é...
Grite minha amiga, o quanto lhe aprouver. Gritar faz bem à alma e ao coração! Todos nós temos nossas horas de grito, nem que sejam internos. Beijos querida amiga, te adoro,

Paulo Celso disse...

Oi minha querida amiga.
Não tente dar sentido ao grito, não julgue, não tente repelir. O cão late o sol brilha.

Maria Helena disse...

Oi, Linda Flor!

Eu me identifico com seu sentimento e fiz o exercício de agradecimento. Foi aí que apareceu a visão de uma flor: a Margarida, sabe? E aí eu agradeci por ter conhecido uma flor rara e linda de um coração do tamanho do infinito.
Bjs!

nacasadorau disse...

Sweety!

Ai de quem não grite e chore e deixe que a dor saia por todos os poros, essa/e vai sucumbir ou não tem nem entranhas dentro de si.
Minha querida Loli, Margarida Torres, a verdadeira, bem hajas.
Porque será que gosto tanto de ti???

Beijo

Beth/Lilás disse...

Querida Loli!
Voltei em apoio ao que Glorinha te deixou e para dizer-lhe que és muito querida, estimada e amada. Não se abata com reles pessoas.
Bem Hajas, minha querida Margarida Loli!
bjs cariocas

Cucchiaio pieno disse...

Caríssima, gritar é realmente importante.
Nas minhas orações, so' consigo pedir a benção de Deus, depois dos meus agradecimentos. Temos muito mais para agradecer, do que para pedir!
Espero que esteja melhor.
Abraços fraternos e tenha um belo fim de semana
Léia

Bia Jubiart disse...

Bom dia Bella Flor!!!

"gritar!!!", sabe que de vez em quando o meu filhote abre o bocão e grita, só por puro prazer. Sempre temos a apreender com as crianças...
extravasar essas energias que não nos interessa é muito bom p/ matéria e espírito.

Flor eu já te contei a história e origem do maridão?

Um bom fim de semana p/ vc.

Beijão!

Tati disse...

Oi Margarida, muitas vezes já senti esta necessidade de dar um grito. E é incrível que ele não é nada fácil de sair da garganta. Não fiz teatro, então acho que não aprendi a soltá-lo. Sinto também muitas vezes uma vontade de sair correndo, acho que como uma Forest Gump brasileira (e mulher...rsrs). Agradecer pelo sol é ótimo, mas tem horas que eu preferia gritar! rsrs
Beijos.

Anne Lieri disse...

Loli,tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu...já dizia aquela canção do Chico!Tb me sinto assim algumas vezes...é chato falar isso na hora que estamos mal mas,passa!...o tempo cura,vai passando,vem um dia e mais outro e superamos esse momento!Sua história tem mesmo tudo a ver!Agradecer nosso cão é sempre mais facil e um bom começo!Bjs e feliz dia dos blogueiros para vc,amiga!Que continue com esses belos textos!

Malu disse...

Loli,

Te acompanho em seu sentir ...
Que bom que ficou feliz com a poesia do Eugénio.
:)


Bjo Grande com Carinho.

Juh Salomé de Beauvoir disse...

O grito abafado remoi e causa estrago. O melhor, geralmente, é extravasar...Sem causar nenhum prejuízo...a longo prazo, para si, ou para outros!
Andei gritando por dentro, e sussurrando por fora, durante muito tempo. E agora tento "equalizar", minha voz com as batidas frenéticas do "comboio de corda", que eu chamo de coração...

Sou fascinada pela psicanálise, e tudo que possa está relacionado com os misteriosos atalhos que ligam nossa mente...através dos nossos pensamentos, expressos em ações e firmados em padrões de comportamentos.

obs.: no mais, não há de forma alguma com o que se desculpar, flor. O seu carinho e seus votos sinceros,já me deixam "contente".
É total e extremamente compreensivo que você esteja com os nervos a flor da pele e com o mundo "de pernas pro ar"...

Mando, mesmo que "Remotamente", uma corrente positiva, para que todo esse caos presente, se desinstale..

"LEAN ON ME NOW! LEAN ON ME NOW" AND ALWAYS...

Kiss and hugs!!!!!!!!!!!!!!!

ASTROTERAPIA disse...

Oi Loli, prazer em recebê-la no meu blog.
Adorei esse tema.
Eu tenho contato com a Mata Atlântica todos os dias e lá agradeço pela vida. Bjs Cynthia

Inaie disse...

meu amor, voce sabe estar viva como ninguem...

beijos mil

ManDrag disse...

Por vezes esquecemos de agradecer o simples facto de estar vivos. Mas isso não nos faz piores, apenas momentaneamente desatentos.
Prestemos então atenção!

Abraço

ASTROTERAPIA JUNGUIANA disse...

Oi Lolipop, para saber onde está sua Roda da Fortuna, preciso data de nascimento, hora, cidade e estado.
Eu agradeço todos os dias por tudo, mas aprendi tb depois de 2 lutos. Bjs Cy.

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger