sábado, 30 de outubro de 2010

"TIJOLOS BRAILLE" - TENJI BLOCKS

O Japão é um lugar estranho, por isso, nunca me interroguei sobre o significado das intermináveis faixas amarelas omnipresentes nas estações de metro e nos passeios, e isto apesar de algumas vezes ter tropeçado nelas. Pois estas "yellow brick roads", foram uma invenção de Seiichi Miyake usadas pela primeira vez na cidade de Okayama em 1967, e são elas que orientam os invisuais através do caos aparente das cidades Japonesas.
Chamam-se "Tenji Blocks" (Tijolos Braille). O padrão longo e esguio, indica que nessa direcção se pode avançar com confiança. Os pontos redondos indicam margens, cantos ou outros locais onde o cuidado é necessário. Aos invisuais Japoneses, é facultado um treino de adaptação ao piso irregular, e estes "tijolos" podem ainda ajudá-los a encontrar serviços públicos como hospitais, correios ou a esquadra da polícia.
O Japão é um lugar estranho? É. Mas é também o reino da funcionalidade.

17 comentários:

Kiyomi, a.k.a. Piggy disse...

Oi, Margarida! Sinceramente, eu não sabia a diferença entre os blocos (mas sabia que era para auxiliar os deficientes visuais). Além disso, vários pontos também possuem a tradução para o Braille, o que auxilia muito.
Beijão!

Blog Lost in Japan disse...

E sabe pq é amarelo?
é para quem tem a visão saber que ali é território dos que não enxergam, da cor de "atenção" dos semáforos.

qdo vc ia atravessar a rua, vc ouvia pios de passarinho ou uma musiquinha que falava "tooryanse, tooryanse (pode passar, pode passar)?
isso é uma coisa que admiro aqui: toda pessoa com necessidades especiais é estimulada a viver normalmente, sem ficar em casa, trancada.
bjs, mais um show post

Blog Lost in Japan disse...

ah, comentei com o mail aberto do blog hahaha
bjs

Fernanda disse...

Querida Loli!

Perfeito!
Pergunto? Porque não se seguem estes exemplos noutros países? nomeadamente no nosso?

Ainda acabo por ir viver para o Japão!

Amiga, tenho um novo post agendado para amanhã...
penso publicá-o pelas 24.00.
Esqueceste-te de mim :(
Tenho lá amigos novos, os meus convidados de sexta feira.

Beijos

Rogério Pereira disse...

Tijolos que
falam
indicando caminho a invisuais
quero muitos, por aqui
pois cegos é o que temos mais...

Beijos

Carla Nunes disse...

Interessante, um dia ainda conheço aí. :D

Bjo

Meri Pellens disse...

Aqui, em algumas calçadas reformadas, também tem, não necessariamente amarelas. Acho que a cor é o que menos importa. Muito útil mesmo aos deficientes visuais.
Beijos na alma, amiga!

Desabafando disse...

Sabia que isso é chamado de piso tátil? Serve para orientar os deficientes visuais na hora de se deslocarem em locais públicos. Aqui no Brasil já temos em alguns lugares mas ainda é difícil encontrar. O certo seria encontrar pela cidade toda mas ainda não é a realidade.

Ana Martins disse...

Boa noite Margarida,
não duvido que o Japão seja o reino da funcionalidade, os japoneses são minuciosos e perfeccionistas, eis aqui um bom exemplo disso.

Margarida, o livro ainda está na gráfica, quando sair darei noticias, entretanto vou colocar o meu e-mail na pág do blogue para quem me quiser contactar. Agradeço desde já a atenção e o carinho.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

papoila disse...

Margarida,
Eu não sabia nada disto!
Foi muito interessante ler o teu post e todos os comentários.
bjinhos

diariodumapsi disse...

Oi Loly!
Realmente muito funcional , e interessante!
Devíamos adotar por aqui! Algo tão simples e tão necessário para a inclusão social das pessoas que dele necessita!
Bom final de semana.
gd beijo

Carla Farinazzi disse...

Olá, lindo blog o seu. E gosto quando aprendo coisas que não tinha a menor ideia, como essas faixas amarelas que já vi em alguns lugares por aqui no Brasil. Acho que em bancos e alguns órgãos públicos. Excelente post!

Beijo

Carla

Lívia Azzi disse...

Oi Loli!

Muito interessante e funcional! Poderia ser ampliado para outros países também, oferece segurança, adaptabilidade, autonomia e melhoria da qualidade vida para as pessoas com deficiência visual.

Um beijo e um lindo domingo!

ManDrag disse...

Um dia ainda deixo de ler posts sobre o Japão. Lá é tudo tão ordeiro e pragmático que quase dá raiva de viver em países tão bagunçados quando do outro lado do mundo...
É só desabafo!... rsrsrs

É cuidando dos mais pequenos pormenores com a mesma dedicação que aos grandes que se constrói um mundo melhor.

Abraços

Talles Azigon disse...

sem dizer que esse e muitos outros exemplos do Japão deveriam ser seguidos por aqui

Mai disse...

Excelente! Próprio de uma sociedade inclusiva e que respeita as diferenças.

abraços,


cheguei aqui por blogs em comum.

boa semana!

Tabeteimasu disse...

Olá Margarida,
Estou um pouco atrasado nos comentários...é a correria do serviço...
Obrigado pelos parabéns!
Aqui em São Paulo existem alguns lugares com essas indicações para os cegos. Em algumas estações de metrô também tem.
Lembro de quando estava no Japão alguns semáforos emitiam pios de passarinho como o Alexandre comentou. Achei isso fantástico. Mas por aqui isso ainda não chegou infelizmente...

Bjo e boa semana,
Carlos

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger