quarta-feira, 4 de agosto de 2010

VAMOS TODOS...

VAMOS TODOS ADORAR
NO MESMO POÇO DE NUVENS
ESTA LUA ÚNICA

TAGAMI KIKUSHA-NI

Tagami Kikusha (1753-1826), foi poeta, pintora e um espírito livre. Depois da morte do marido, Kikusha tinha então 24 anos, preferiu seguir a sua vida de forma independente. Rapou o cabelo e fez-se monja, estatuto que lhe permitia viajar livremente, o que fez a partir daí, um pouco à semelhança de Bashô. Para ambos, as longas jornadas em que se empenharam, eram para além da curiosidade pelo mundo, uma espécie de procura espiritual que lhes permitia prosseguir com a sua arte.
Kikusha estudou poesia, música e pintura. Quase todos os seus poemas eram acompanhados de ilustrações muito simples, como se fossem apenas esboços. Dotada duma energia inesgotável, passou grande parte da sua vida na estrada, estabelecendo relações com outros poetas e dedicando-se a aperfeiçoar as suas artes.

17 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Existem pessoas que realmente têm um espírito superior, isso é inegável.
Beijos

cantinho she disse...

Bem interessante...bjo, bjo!

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Oi!
Vim conhecer seu cantinho através da nossa querida Nilce.
Você é um ser especial!
Tudo aqui é muito aconchegante.
Parabéns!
Tenha uma ótima noite!
Com carinho, Lady.
Beijo no coração.

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

E não é assim Margarida querida?
Podendo se viajar, conhecer o mundo aos montes, pessoas diferentes e diferentes crenças também.
A vida deverse-ia ser assim e sem fim, conhcer a todos e propagar a poesia e os sentidos.
Abrir mão de qualquer vaidade, e partir ao mundo de peito desnudo aberto às sensações que são de fato verdades.

Adorei a história, pequenina e iniciada em certa tristeza, mas que nos mostra sempre a verdade.
Viver é uma escolha, mesmo estando-se vivo.

Beijos linda!

Betty Gaeta disse...

Oi Margarida,
Gostei desta nova história... e adorei ver o que a Nilce escreveu sobre vc! Então vcs conversaram por telefone?!? Que delícia!
Bjs

Fernanda disse...

Oyasuminasai Margarida, my swet friend!

Alma livre, simples e desperta para tudo o que mais valor tem a vida.
Sem dúvida uma grande mulher, um óptimo modelo de vida!

Não sei bem porquê, mas essa história lembra-me alguém que já conheço bastante bem!!!
Porque será???

Bye honey!
Sleep tight.
Love

Na casa do Rau

Lívia Azzi disse...

Assim são os espíritos livres! Sabem que o amor está dentro de si mesmos, o direcionam e oferecem ao mundo por meio de seus talentos...

Ah! Fiquei curiosa para saber sobre suas férias... Que venham logo!!

Beijos!

diariodumapsi disse...

Ei Loly,
Algumas pessoas são mesmo especiais...
Gd beijo

lu http//:minha-distraçao.blogspot.com/ disse...

Oi Linda, a historia dela de certa forma me faz pensar em você, seu conhecimento de varios povos, culturas,artes,poesias,contos e encantos desse nosso planeta.
Encanto-me com todo o conhecimento que você divide com tanto carinho em seu blogue.
Beijo Lu

Michelle Lynn disse...

Fiquei tão feliz com o post da Nilce!! Que linda homenagem!
Vc merece!!! Te adoro!!!

Adorei conhecer esta artista. Liberdade...

Muitos beijos,
Mi

Nilce disse...

Oi, querida

Muito bonita a coragem e decisão para expor e continuar com sua arte, seu amor por ela e pelo desconhecido. Poder criar e viver este espírito de liberdade e curiosidade pelo mundo.

Ai que vontade de virar monja. rsrs

Bjs no coração!

Nilce

Doutora Foligata disse...

Adorei a história !! Espero vir iluminada assim na próxima encarnação !! Pois nesta vc já sabe que eu vou arder no marmore !!!! bjooooo

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu adoro a figura de Kikusha. Não só por sua arte, mas tb pela postura de vida.
E gosto das linhas simples dos desenhos e belos poemas.

Lindo post!
bjs!

Rogério Pereira disse...

Rogério Pereira (ainda vivo), foi vendedor,empregado de escritório, enfermeiro de guerra, programador fabril, consultor de gestão, poeta, escritor e considera-se um espírito livre. Depois da morte da ditadura, tinha então 29 anos, preferiu seguir a sua vida de forma (quase) independente. Deixou crescer o cabelo e disfarçou-se eremita, estatuto que lhe permitia que a sua mente viajasse livremente , o que fez a partir daí, um pouco à semelhança de Tagami Kikusha. Para ambos, as longas jornadas em que se empenharam, eram para além da curiosidade pelo mundo, uma espécie de procura da utopia que lhes permitia prosseguir esse caminho com grande persistência.
Estudou todas as artes e, também, filosofia. Quase todos os seus escritos são acompanhados de ilustrações muito simples, como se fossem apenas esboços. Dotado duma energia inesgotável, passa grande parte da sua vida na blogosfera, estabelecendo relações com outros poetas e sonhadores dedicando-se a aperfeiçoar os seus instrumentos para tornar o Mundo melhor. Neste momento encontra-se, algures, pelo Japão...

Denise disse...

Olá bela flor!

Mostra que tem muita garra e fome de viver, de se admirar, adorei!

Mudando de assunto, precisa incluir o Brasil nas próximas viagens hein querida! Aguardamos sua presença para aventurarmos nas viagens gastronômicas!

Bjinhos carinhosos

Ester disse...

OI GATIIISIIIMA!!
Guerreira Tagami e guerreiro tb Rogerio. Bacana aqui que as postagens continuam atraves tb dos comentarios hehehe.

Falta pouco hem krida?? maravilha!! eu tb viajo de férias segunda...
Depois me fala do irmaozinho. Ainda esta aqui?
baciiii

Betty Gaeta disse...

Psiu... Para onde vc vai viajar?
Bjkas e boa noite.

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger