domingo, 9 de maio de 2010

TORII - AS PORTAS PARA O SAGRADO

Nos templos Shinto, as torii marcam a divisão entre o espaço sagrado e o profano, e fazem parte do cenário vivido ou imaginado do Japão. As origens das torii, permanecem desconhecidas, apesar de algumas teorias apontarem para a possível influência de estruturas similares, encontradas na India, na China ou na Coreia, o mais provável é que sejam uma evolução duma estrutura mais simples, ainda hoje usada, o Shime torii, dois pólos verticais unidos por uma shimenawa. As torii, tal como os koma-inu, ou as shimenawa, apresentam variadíssimos estilos e tamanhos. Famosas e oníricas como a do Itsukushima Shrine em Miyajima...
ou anónimas e perdidas na natureza...

Há torrii feitas em metal, madeira, pedra, cimento, simples ou ornamentadas, pequenas e enormes, como esta em Sakurai, erguida para comemorar uma visita do Imperador, em 1986. Mede 32,2 metros de altura.
Erguem-se solitárias ou ás centenas como no Hie Shrine em Akasaka, Tóquio...
ou aos milhares (10.000), como no Fushimi Inari Shrine em Quioto, dedicado a Inari, o deus do arroz, do sake e da prosperidade, cujos túneis de torii, já foram imortalizados em incontáveis fotografias e no cinema em Memórias Duma Geisha.
Não são as "Doors of Perception" de Aldous Huxley, mas estão lá para nos avisar que entramos no território dos deuses.
Fotos antigas: Creative Commons Images / Flickr/ Galeria de Okinawa Soba

1 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Acho lindo em Bentenjima, que tem o torii no mar. E o de Itsukushima tb...

O de Kyoto tb é lindo. Eu andei muito nessa fileira de torii... dá uma sensação interessante, ver as faixas enfileiradas passando por seus olhos.
Os mais altos que vi foram do Yasukuni Jinja de Tokyo e os do Atsuta Jingu, de Nagoya.

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger