sábado, 5 de dezembro de 2009

A maldição do samurai

Taira no Masakado (903-940AD), é tido como o primeiro samural do Japão. Um pequeno mas bem sucedido senhor da guerra, Masakado rebelou-se contra o governo Imperial de Quioto, estabelecendo um reino independente na região de Kanto, e declarando-se como o "novo Imperador de todo o Japão". Não tardou muito até que caísse com uma flecha espetada entre os olhos, e a sua cabeça decapitada fosse levada para Quioto para ser exibida em praça pública. De acordo com a lenda, o espectáculo também foi breve. A cabeça do senhor da guerra, ergueu-se furiosa pelos céus da cidade, retornando á região de Kanto, em busca do corpo que a completasse. Depois de muitos e infrutíferos esforços, acabou por cair dos céus num pedaço de terreno, que passou a ser conhecido como Masakado no Kubizuka-A Colina da Cabeça de Masakado. Os habitantes do local, aterrorizados, teriam lavado a cabeça, para depois a enterrarem, erguendo no sítio um memorial para lhe apaziguar a fúria.
Avançando em fast-forward, 1000 anos depois, a pequena vila piscatória em que tudo isso sucedeu, transformou-se numa metrópole: Tóquio, e o antigo santuário de Masakado fica a cinco minutos de caminhada desde o Palácio Imperial.
E aqui começa a verdadeira história da maldição. Depois do terramoto de 1923, o Ministro das Finanças, aproveitou para nivelar o sítio, enchendo o lago onde supostamente teria sido lavada a cabeça e construindo ali um edíficio temporário ligado ao seu ministério. Em dois anos o Ministro e outros 14 funcionários morreram vítimas de doença ou acidentes diversos. O edificio foi destruído e a colina reconstruída com direito a rituais Shinto para apaziguar os espíritos.
Quando as forças americanas ocuparam o Japão, houve mais uma vez uma tentativa de nivelar o local, desta vez, para que servisse como parque a veículos militares. Um acidente com um bulldozer durante os trabalhos, matou o condutor. Uma série de outros desafortunados incidentes, em conjunto com pedidos de diversas figuras locais, convenceram os militares americanos a abandonar o projecto, deixando novamente a cabeça de Masakado gozar do merecido descanso e respeito.
Hoje o Santuário de Masakado, pode ser visitado em Otemachi, Tóquio e todos os anos em Maio, há um festival em sua honra.

1 comentários:

migasmigas disse...

Mais uma estória para juntar ao capítulo das surreais!

Que maravilha, este é o tipo de posts mais gosto no Banzai.

Parabéns

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger