sábado, 17 de outubro de 2009

"What a race of readers the Japanese are!"




A frase é de Edmund Blunden e foi escrita depois da visita feita em 1947 à zona de livrarias de Jimbocho, em Tóquio. "It is almost a national vice, this appetite for printed matter." Fala-se de imagens publicadas em Julho desse ano no jornal Asahi Shinbun mostrando uma longa fila de pessoas á porta da livraria Iwanami em Kanda, esperando pacientemente para comprar cópias dos trabalhos completos do filósofo japonês Nishida Kitaro. A fila, começou a formar-se três dias antes da data da publicação e teria chegado às 200 pessoas! Apesar da escassez de papel, cerca de um milhar de livros, muitos deles trabalhos de autores proibidos durante os anos de guerra, apareceram no mercado ainda antes dos finais de 1945. Viam-se livreiros entrar nas oficinas dos mais populares editores com sacos às costas carregados de vegetais e diferentes alimentos, que serviam na altura para completar pagamentos em dinheiro.


O escritor Nakamura Mitsuo resume assim o ambiente que se vivia na altura: "People were hungry for art and culture as much as they were for food."


Fui visitar Kanda este Verão e maravilhar-me com a visão de ruas e ruinhas de pequenas e grandes livrarias, alfarrabistas, cheiro a livros antigos, bancas e prateleiras de livros na rua... o paraíso na época do Kindle e afins.

0 comentários:

Blogs Amigos e Recomendados

 
Copyright © 2010/2011 Banzai.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger